Gengivite ou doença periodontal: sinal de alerta para outras doenças

Manter a higiene bucal em dia é fundamental para a qualidade de vida e saúde de todo o organismo humano. Problemas na região da boca, como a gengiva inflamada, podem acarretar complicações maiores, desde a perda dos dentes até doenças cardiovasculares.

A gengivite pode afetar pessoas de todas as idades e é a principal causa da doença periodontal. A periodontite, como a patologia também é chamada, é uma inflamação grave na gengiva que pode levar à destruição dos ossos de sustentação dos dentes.

As consequências da doença começam na região da boca, com a perda dentária, dificuldade na mastigação e halitose (mau hálito). Mas pode causar ainda outras doenças no corpo humano. Veja a relação da periodontite com outras complicações:

Diabetes

A relação da diabetes com a doença periodontal é de causa e efeito. Pessoas com diabetes devem ter cuidados mais intensos com a higiene bucal, pois têm chances maiores de terem inflamações na gengiva e mais facilidade de serem acometidas pela perda óssea.

A periodontite, por sua vez, agrava o quadro da diabetes, de forma que uma enfermidade atinge diretamente a outra. A consulta frequente ao dentista é a melhor maneira de o paciente diabético cuidar da saúde bucal, uma vez que o profissional de odontologia é capaz de realizar limpeza profunda dos dentes e prevenir doenças da boca.

Doenças cardiovasculares

A periodontite pode levar também a problemas que atingem o coração. A inflamação nas artérias é uma das possíveis complicações, uma vez que a gengiva inflamada possibilita que bactérias bucais cheguem à corrente sanguínea, o que pode aumentar, inclusive, os níveis de colesterol da pessoa afetada.

Problemas na gestação

As gestantes diagnosticadas com periodontite podem sofrer efeitos desagradáveis por causa da inflamação. A doença gengival pode ser delicada tanto para a mulher grávida, por causa do incômodo na boca, desconforto para mastigar e mau hálito, quanto para o bebê, que pode ter má formação.

A inflamação no periodonto pode gerar uma hiperirritabilidade na musculatura lisa uterina, de forma que causa a contração do útero e a dilatação cervical. O efeito disso é o nascimento de bebês prematuros, com menos de 37 semanas de gestação, e com peso abaixo de 2,5 quilos.

Evite a doença periodontal

Tratar a inflamação na gengiva significa realizar uma limpeza profunda na região da boca, com a retirada de tártaros, aplicação de flúor e raspagem dos dentes, procedimentos que devem ser realizados em consultório odontológico.

A intensificação da higiene bucal diária também deve é essencial para reverter o quadro de gengivite. A limpeza da região bucal em casa deve ser feita com escova de dentes apropriada, fio dental e enxaguante adequado.

O cuidado constante com a higiene é o principal instrumento de prevenção à doença periodontal. Além disso, é importante manter hábitos saudáveis como evitar fumar e beber álcool, manter uma boa alimentação, com pouco sal e açúcar, e evitar o estresse, o qual diminui as defesas do organismo, deixando-o mais suscetível a inflamações.

Atente-se aos seus hábitos e procure melhorá-los a cada dia, a fim de evitar problemas de saúde bucal e de todo o organismo. Acesse a nossa loja virtual e encontre os melhores produtos de que você precisa para cuidar de si.

Confira outro post sobre o tema:
Gengivite ou Periodontite? Entenda os sintomas, causas, fases e como tratar