Qual a importância do uso do fio dental no controle da cárie e da doença periodontal?

A higiene bucal é a principal maneira de prevenir complicações como cárie, gengivite e doença periodontal. As regiões entre os dentes devem receber um cuidado especial no momento de limpeza, por causa da dificuldade de atingi-las. Conheça mais sobre a utilização e importância do uso do  fio dental para a saúde bucal.

O uso do fio dental

O item é visto como um instrumento apropriado para remoção de restos de alimentos e, por consequência, do biofilme localizado entre os dentes. O seu uso é fundamental na higienização diária, junto com a escovação dentária. Porém, ainda que existam claros motivos para justificar a importância do uso do  fio dental, sua utilização ainda é pouco admitida.

Sabe-se que somente 10% das pessoas no mundo utilizam o fio dental diariamente, enquanto que a escovação de dentes, também com extrema importância, é realizada pela grande maioria da população pelo menos duas vezes ao dia.

A importância do uso do fio dental

 Escovar os dentes e utilizar o fio dental em intervalos regulares diários são atitudes que auxiliam no controle eficaz do biofilme dentário supragengival e, como consequência, da lesão da cárie interproximal e da gengivite. No entanto, somente o uso de maneira correta garantirá a eficácia do item.

A coordenação motora é fundamental para utilizar o fio dental. Por isso, a remoção do biofilme através do seu uso não é totalmente esperada em crianças, por exemplo. Contudo, o processo educacional de higiene pessoal deve começar já nessa fase, especialmente pela importância do fio dental de prevenir cáries e outras complicações bucais.

Cárie interproximal

A cárie interproximal é localizada entre os dentes e, exatamente por se situar nessa região, seu diagnóstico clínico e radiográfico tornam-se mais difíceis. Além disso, a remoção e o prognóstico da restauração também são mais dificultosos.

O problema ainda pode aumentar caso a pessoa faça uma higiene bucal incompleta. Por essa razão, a importância do uso do  fio dental deve ser considerada para pessoas de todas as idades.

Prevenção e tratamento

A principal razão do aparecimento da cárie interproximal, da gengivite e da doença periodontal é a falta de higienização adequada. Negligenciar o uso do fio dental favorece o acúmulo de placa bacteriana na região entre os dentes.

A utilização da escova por si só não é capaz de atingir a área interproximal e, caso o fio não seja passado para complementar a higienização, a placa bacteriana não é removida. Por fim, o enxaguante bucal também não deve ser esquecido. Seu uso evita o mau hálito e elimina bactérias de toda a cavidade bucal.

O tratamento da gengivite e da doença periodontal deve ser feito por um odontólogo periodontista, principalmente se o problema já estiver em estágios mais avançados. A raspagem e alisamento radicular são métodos usados por esses profissionais, que também indicam produtos para específicos para cuidados caseiros.

Existem, por exemplo, pastas de dente que ajudam a prevenir o sangramento da gengiva e soluções bucais que eliminam os germes que causam a gengivite. De toda forma, a importância do  uso do fio dental é incontestável na prevenção das doenças periodontais, pois somente com a ajuda da remoção mecânica do biofilme haverá eficácia nessa ação.

Confira outros posts sobre o tema: https://goo.gl/v6ofB7 

Acesse nosso site e confira uma linha de fios dentais e outros produtos que lhe auxiliarão a manter a saúde bucal em dia.

Deixe uma resposta