Técnicas de escovação adulta

Saber como escovar corretamente os dentes não significa apenas manter o hálito fresco e o sorriso branco. Praticar as técnicas de escovação adulta adequadas engloba preservar a saúde bucal de modo geral, evitando complicações que vão além da estética, como cáries, gengivite e doença periodontal.

Aprenda a escolher os itens de higiene bucal

Remover as bactérias da cavidade bucal requer a utilização de técnicas e produtos adequados. Conheça as principais dicas para manter a higiene da boca:

Escolha uma escova apropriada

As escovas de dente com qualidade nas cerdas, como as de nylon, facilitam a remoção mecânica das placas e restos alimentares que ficam nos dentes. Optar por cerdas macias evita a irritação na gengiva, além de não prejudicar o esmalte.

O formato da escova também deve receber atenção no momento de escolha. Os modelos muito grandes tendem a dificultar o alcance de todos os dentes, em especial os de trás. Além disso, é importante sentir segurança ao empunhar o produto, pois o impulso mecânico é um dos fatores mais importantes de como escovar corretamente os dentes.

A troca de escova de dente com regularidade também é muito importante para manutenção da higiene bucal. As cerdas se desgastam com o uso frequente, de modo que perdem sua eficiência e flexibilidade com o tempo. O recomendado é substituir a escova por uma nova a cada dois a três meses.

Utilize creme dental específico

Os cremes ou pastas dentais com flúor favorecem a remoção da placa bacteriana. Porém, deve-se lembrar que o flúor é recomendado somente para adultos, pois sua ingestão em excesso pode causar problemas de saúde.

Existem ainda os produtos com propriedades para impedir gengivite, sensibilidade, boca seca e outras complicações bucais. Consulte seu dentista para saber qual o creme dental mais apropriado para você.

A quantidade de pasta de dente por escovação deve ser equivalente ao tamanho de um feijão. A pasta em excesso pode atrapalhar o processo de higiene, como também favorece a ingestão de flúor, o que não é aconselhável.

Utilize fio dental

O uso do fio dental ainda é ignorado pela maioria das pessoas. Contudo, este item é fundamental na retirada de partículas de difícil acesso, como entre os dentes, o que previne a cárie interproximal, por exemplo. O fio dental deve ser utilizado antes da escovação, de modo que o restante dos resíduos seja eliminado com a escova.

Termine com enxaguante bucal

O processo de higiene bucal diária deve ser sempre encerrado com um bom enxaguante bucal. O recomendado é fazer bochechos de 30 segundos de preferência à noite após a última escovação, sem ingerir o produto.

Enxaguantes fluoretados são recomendados para uso diário, enquanto os antissépticos devem ser utilizados somente em casos de tratamento contra gengivite e complicações afins, e por tempo limitado. Por sua vez, os produtos sem álcool evitam problemas como boca seca ou câncer de boca.

Dicas básicas de como escovar corretamente os dentes

  • Escove os dentes com movimentos verticais curtos ou circulares.
  • Demore, em média, três minutos por escovação, passando a escova por aproximadamente 15 segundos por região de dentes.
  • Lembre-se dos molares e das superfícies internas: mesmo que sejam de mais difícil acesso, essas regiões devem ser igualmente escovadas.
  • Limpe a língua: seja com a própria escova de dente, limpador ou raspador específico, a língua acumula placa bacteriana e também precisa ser higienizada.
  • Enxugue a escova de dentes para retirar as bactérias e guarde-a na vertical em local arejado, para ela seque até o próximo uso.

A higienização bucal deve ser realizada após cada refeição e sempre com muito cuidado e atenção. Quais produtos você utiliza para realizar a higienização da boca? Compartilhe conosco nos comentários.

Confira outros posts sobre como cuidar da sua Higiene Oral e evitar problemas gengivais : https://goo.gl/zc5VgL

 

 

Deixe uma resposta