A importância da saúde oral na prevenção de doenças

Manter a saúde em dia é um dos requisitos básicos para ter boa qualidade de vida. A prevenção de doenças, desde as relacionadas à saúde oral até as sistêmicas, pode acontecer a partir de cuidados diários, como higiene do corpo e alimentação saudável.

A relação entre higiene da boca e prevenção de doenças vai muito além da saúde oral. Cuidar dos dentes e da boca diariamente evita complicações que afetam todo o organismo, como as complicações cardíacas, por exemplo.

Doenças que podem ser evitadas

Ter uma boa saúde oral não é apenas uma questão de estética. Veja algumas das doenças que podem ser evitadas com os cuidados diários da cavidade bucal:

Cáries

As cáries são o problema de saúde bucal mais conhecido no mundo. Caracterizam-se pela deterioração dos dentes e são causadas principalmente pela alta ingestão de alimentos e bebidas açucarados e higiene inadequada dos dentes.

O problema pode aparecer ainda entre um dente e outro, sendo denominada cárie interproximal, geralmente causado pelo não uso do fio dental. A falta de tratamento com um profissional habilitado pode gerar dor, infecção e até perda dos dentes afetados.

Gengivite

A gengivite é caracterizada com a inflamação das gengivas. Os sintomas são irritação, vermelhidão e inchaço na região gengival, sendo que a complicação é causada geralmente por má higienização da região.

A complicação apresenta vários níveis de gravidade e deve ser tratada o quanto antes. O tratamento da gengivite, ainda em estado reversível, deve ser feito por meio de limpeza profissional, feita em consultório odontológico, e uso de enxaguantes bucais antissépticos.

Periodontite

A periodontite é o nível mais grave da gengivite. A doença pode levar à perda dos dentes e à deterioração do tecido ósseo. Além disso, se não for tratado, o problema torna-se um fator de risco para doenças cardíacas e pulmonares.

Doenças cardíacas

A relação entre doenças cardíacas e saúde oral está ligada diretamente às infecções e inflamações na região gengival. Isso porque toda complicação que atinge a corrente sanguínea, em qualquer parte do corpo, pode atingir o coração. Portanto, é fundamental tratar a gengivite e periodontite ainda nos seus estágios iniciais.

Câncer de boca

Os fatores de risco do câncer bucal estão associados ao tabagismo, uso excessivo de álcool e infecção por papilomavírus humano (HPV). Além de hábitos saudáveis, a prevenção pode ser feita com higiene bucal adequada e visitas regulares ao dentista.

Higiene bucal: produtos que você deve ter

Realizar a higiene bucal diária com uma boa escova de dentes, fio dental e enxaguante bucal não é novidade para quem se preocupa com a saúde dos dentes. Além disso, existem outros produtos que você precisa ter para fazer uma higienização adequada, principalmente se estiver em tratamento ortodôntico ou apresentar algum incômodo. Conheça alguns:

  • Escova interdental: disponível em formato cônico ou cilíndrico,são indicadas para quem uso aparelho fixo ou prótese, por facilitarem a limpeza nas regiões de difícil acesso entre os dentes.
  • Escova para viagem: para quem passa o dia inteiro fora de casa ou viaja bastante, o ideal é ter uma escova de dente própria para viagem, como as que apresentam o cabo que se transforma em estojo. A finalidade é garantir a boa conservação da escova enquanto é transportada.
  • Gel ou spray oral: quem sofre com a sensação de boca seca deve dar atenção ao problema e fazer uso de produtos específicos. As salivas artificiais, por exemplo, possuem componentes semelhantes aos do fluido natural, evitando o aparecimento de complicações na boca.

Achou este artigo interessante? Compartilhe nas suas redes sociais. Assim, muito mais pessoas ficam por dentro.

Deixe uma resposta