Fluorose dentária: o que é e como tratar

Os hábitos de higiene oral que irão nos acompanhar por toda a vida são apreendidos durante a infância. Desde o aparecimento dos primeiros dentes, devem ser iniciados o cuidado com a saúde bucal e as ações que possam garantir um sorriso bonito e saudável.

Existem inúmeros produtos que ajudam a realizar a higiene bucal diária, como escovas, cremes dentais e enxaguantes. O flúor é um componente presente em diversos desses itens, o qual tem a função de ajudar na fortificação dos dentes. Porém, sua quantidade deve ser controlada para evitar danos à saúde da boca.

O que é fluorose dentária

A fluorose dentária é caracterizada por uma alteração no esmalte dos dentes, que causa manchas, geralmente simétricas. As cores dessas manchas podem variar de esbranquiçadas a marrons, conforme o grau de severidade do problema. Apesar de não apresentar riscos, tais sinais podem incomodar bastante a estética do sorriso e perdurar por toda a vida.

Causas

O problema aparece devido à ingestão prolongada ou excessiva de flúor durante o período de formação e erupção dos primeiros dentes.

O uso inadequado ou excessivo de creme dental durante a escovação é um dos principais causadores da fluorose. Além disso, o consumo exagerado de água fluoretada, de alguns alimentos e produtos industrializados e até medicamentos que contenham flúor podem desencadear a patologia.

Prevenção

O desenvolvimento da dentição começa no nascimento e vai até os cinco anos de idade. Logo, requer atenção especial desde cedo para evitar danos à saúde oral. A prevenção do surgimento das indesejáveis manchas no sorriso deve ocorrer com o controle da quantidade de flúor em alimentos e produtos de higiene bucal.

No dia-a-dia, os pais devem auxiliar as crianças no momento da escovação, orientando-as a utilizar somente a quantidade de creme indicado pelo profissional. Vale lembrar que a boa higiene bucal não depende da quantidade de creme dental, mas sim da movimentação correta da escova durante a higienização.

O tipo de creme dental escolhido para uso constante também é muito importante, em especial antes dos seis anos de idade. Nesta fase, as crianças são atraídas pelo sabor dos cremes dentais e é bastante comum que haja ingestão da pasta. Portanto, a criança deve ser ensinada o quanto antes a cuspir o excesso e enxaguar a cavidade oral.

Tratamento

A fluorose dentária não desaparece com a erupção dos dentes permanentes. Apesar de persistente, o problema pode ser amenizado com tratamentos dentários que ocultam, diminuem e até eliminam as manchas dentárias. O diagnóstico e o tratamento devem ser realizados por um cirurgião-dentista capacitado.

A microabrasão é realizada em casos mais leves das manchas. No procedimento, o esmalte do dente é levemente desgastado até atingir uma camada com sua coloração natural. Nos casos mais severos, em que as manchas são marrons, o clareamento dentário pode ser a solução para o fim do incômodo.

O melhor tratamento, contudo, ainda é a prevenção. Cuidar da escovação dos pequenos, supervisionar a qualidade e a quantidade de creme dental são fatores fundamentais para garantir um sorriso sem constrangimentos.

Lembre-se: investir em higiene oral é investir em autoestima, saúde plena e qualidade de vida. Visite nossa loja virtual e encontre os melhores produtos para cuidar dos seus dentes e de toda a sua família.

 

Deixe uma resposta