Escova de dentes – tradicional e elétrica: descubra quais as diferenças

Escovar os dentes após as refeições, passar fio dental, usar enxaguante bucal e visitar regularmente o dentista são algumas das recomendações básicas para garantir o sorriso perfeito. O que muitas pessoas se perguntam é sobre qual a maneira mais prática e eficiente de manter os dentes sempre limpos.

A escova dental é um item indispensável para a higiene oral e cada tipo de arcada requer um modelo de escova específico. Utilizar o tipo inadequado pode acarretar no comprometimento da saúde bucal. Portanto, é essencial ter autoconhecimento e investir no produto certo.

Como escolher

Existem diversos modelos e marcas de escovas de dente, as quais atendem as necessidades de cada pessoa. Para adquirir a melhor opção, é preciso verificar o tamanho do cabo e da cabeça, o tipo de cerda e os benefícios que cada item garante para a higienização bucal, conforme as necessidades de quem vai usá-la.

Vale lembrar que a escova dentária precisa ser prática e eficiente, além de efetuar a limpeza dos dentes. Entre os modelos disponíveis, destacam-se a escova tradicional e a elétrica.

Escova manual

A escova de dentes manual é o modelo mais utilizado pela maioria das pessoas, sendo o tipo mais comumente utilizado desde a infância. Entre as suas vantagens, destacam-se:

  • Custo mais baixo, quando comparada às escovas elétricas;
  • Cabo ergonômico de fácil manuseio;
  • Facilidade de encontrar no mercado e estabelecimentos de conveniência;
  • Facilidade para transportar;
  • Maior controle sobre a força e execução dos movimentos;
  • Praticidade de uso;
  • Variedade de opções de cores, tamanhos, formatos e tipos de cerdas.

Escova elétrica

O maior diferencial da escova elétrica é a facilitação da higiene bucal, uma vez que seu uso exige menos movimentos manuais. O produto é ideal para quem tem limitação da destreza manual ou até mesmo para as crianças, que ainda estão desenvolvendo a coordenação motora.

O modelo é bastante recomendado para quem busca conforto e praticidade ao dia-a-dia, assegurando uma limpeza mais eficiente e remoção de toda a placa bacteriana.

As escovas elétricas possuem cabeça arredondada e giram em diferentes inclinações, além de possuírem cabos mais grossos do que as escovas tradicionais. Assim, a escova elétrica alcança todos os cantinhos da cavidade oral e remove as sujeiras mais difíceis.

Principais cuidados

As escovas tradicionais e elétricas possuem características para atender diferentes necessidades. De fato, não existe um consenso sobre qual o melhor tipo de escova, já que os dois modelos cumprem suas principais funções: remover a placa bacteriana e manter o sorriso limpo e radiante.

As escovas precisam ser substituídas a cada três meses, independentemente do tipo e modelo escolhidos. Além disso, é importante consultar o profissional responsável pela saúde bucal com frequência e certificar-se de que a higiene bucal está sendo realizada com eficácia.

A escova de dentes deve ser um instrumento para garantir a higiene e prevenir as tão temidas cáries, bem como outras complicações na saúde oral. Qual modelo de escova você escolheu para cuidar da sua higienização diária? Compartilhe com a gente nos comentários.

Confira em nosso site os melhores modelos de escovas para você manter sua higiene oral em dia!

Deixe uma resposta